Vira-lata Finance (REAU) já subiu 56.305% e movimentou R $ 18 milhões

0
108

E o vira-lata caramelo que deixou de ser apenas um mascote querido para se tornar um grande nome no mundo da criptomoeda? O doguinho, escolhido a dedo para ser o logotipo de uma criptomoeda totalmente brasileira, tem dado muito o que falar nos últimos dias.

UMA Finanças Mongrel (REAU) teve o seu lançamento no dia 21 de março e em menos de uma semana teve uma valorização de 56.305%.

Publicidade - OTZAds

Vale lembrar que, assim como o Dogecoin (DOGE), A Vira-lata Finance nasceu para ser um meme no mundo dos cryptos. Porém, em apenas 5 dias o mercado estava completamente movimentado, atingindo quase R $ 18 milhões.

Uma criptomoeda totalmente brasileira

A criação da REAU vem na direção da falta de projetos DeFi no Criptomoedas brasileiras. Portanto, além de fazer parte da tecnologia blockchain, o desenvolvedor reforça a importância dos contratos inteligentes.

“Blockchain, a rede de dados criptografados onde as transações para esses tokens são processadas, funciona por meio de contratos inteligentes. Isso permite que qualquer pessoa no mundo faça transações sem precisar da ajuda de terceiros ”, disse o desenvolvedor.

Conheça a Vira-lata Finance mais de perto

De acordo com os dados fornecidos pela Binance, 1 quatrilhão de unidades da criptomoeda estão disponíveis para emissão. No entanto, até agora, apenas 500 trilhões estão circulando na carteira de investidores.

Publicidade - OTZAds

Por se tratar de uma moeda descentralizada, a Vira-lata Finance possui um pool de liquidez. Assim, uma taxa de 3% é cobrada nas transações que envolvam o mesmo. Ou seja, a taxa sempre será cobrada e garantirá sua liquidez nas operações futuras.

Além disso, a REAU cobra uma taxa de 2% por transação, repassada a todos os seus titulares. Assim, com um surpreendente faturamento de US $ 3,1 milhões em apenas uma semana, a criptomoeda pretende chegar a US $ 400 milhões em capitalização de mercado.

Vale a pena investir em um meme?

A incorporadora informou que mais de 3.000 pessoas já são investidores na Vira-lata Finance. Mas não pense que só os brasileiros estão apostando no doguinho de caramelo, gente de outros países também está garantindo a criptomoeda.

Vale ressaltar que só no Telegram, a Vira-lata Finance já conta com 5.700 associados que apóiam e levantam suposições sobre a criptomoeda brasileira. No entanto, a criptomoeda passou por uma pequena correção nos últimos dias e a volatilidade pode persistir nos próximos dias.

Porém, muito mais do que um projeto DeFi exclusivamente brasileiro, a criptomoeda tem muitos outros objetivos. Assim, a REAU pretende ir fundo na busca de expansão em toda a América Latina, além, é claro, de ajudar a causa animal.

Publicidade - OTZAds