InícioBitcoinMesmo depois que a Berkshire Hathaway afundou US$ 1 bilhão em um...

Mesmo depois que a Berkshire Hathaway afundou US$ 1 bilhão em um banco amigo das criptomoedas, o vice-presidente Charlie Munger chama moedas como Bitcoin de ‘doença venérea’

-

Meses depois Berkshire Hathaway arado $ 1 bilhão em um banco digital brasileiro com vínculos com criptomoedas, o vice-presidente da empresa, Charlie Munger, tinha algumas palavras de escolha para Bitcoin e seu tipo.

“Certamente não investi em criptomoedas. Estou orgulhoso do fato de ter evitado isso. É como uma doença venérea ou algo assim. Eu apenas considero isso abaixo do desprezo”, Munger disse durante a reunião anual da editora Daily Journal Corp., onde Munger atua como presidente.

Munger, o investidor bilionário de 98 anos, criticou Bitcoin no passado, chamando a moeda digital de “veneno de rato” e, na quarta-feira, disse que a criptomoeda deveria ser banida, observando que “admira[s] os chineses por bani-lo” já.

No entanto, as palavras duras de Munger para o Bitcoin contrastam com os relatos na quarta-feira de que a Berkshire Hathaway – o fundo de investimento que Munger administra com o famoso investidor Warren Buffett – investiu US $ 1 bilhão no Nubank, um banco digital brasileiro com uma perspectiva favorável ao Bitcoin.

Berkshire primeiro comprou no banco paulista em junho do ano passado, investindo US$ 500 milhões na startup de oito anos. Foi um investimento oportuno. O Nubank levantou US$ 2,6 bilhões em seu IPO de Nova York em dezembro passado, avaliando a fintech em mais de US$ 40 bilhões.

De acordo com sua prospecto, o Nubank tem mais de 48 milhões de clientes no Brasil, Colômbia e México. A empresa diz ter forneceu mais de 5 milhões de pessoas com seus primeiros cartões de crédito, estendendo serviços financeiros para a população não bancarizada da América Latina, que diminuiu para apenas 20% da população total em 2020, de 45% em 2017.

Vendo potencial de crescimento, a Berkshire aumentou sua posição no Nubank em US$ 1 bilhão no último trimestre do ano passado. A grande aposta do fundo de investimento no Nubank veio à tona em uma Comissão de Valores Mobiliários dos EUA arquivamento lançado segunda-feira.

Embora o principal comércio do banco seja serviços de crédito e débito, o Nubank também administra uma plataforma de investimento chamada NuInvest, que permite aos usuários investir dinheiro em um fundo negociado em bolsa (ETF) lastreado em Bitcoin.

No entanto, os relatórios do DNA “amigável às criptomoedas” do banco podem ser exagerados. O Nubank adquiriu sua plataforma de investimento aberta em Bitcoin em 2021 por meio da compra da brasileira Easynvest, que foi renomeada como NuInvest. E a empresa prospecto não menciona receitas ou produtos construídos em criptomoeda.

O Nubank, que ainda opera com prejuízo, lista apenas a receita de taxas de transação, taxas de cartão e seus investimentos em instrumentos financeiros, que diz serem “principalmente em títulos do governo de alta liquidez”. O banco observa que seu crescimento futuro depende, em parte, de sua capacidade de “acompanhar o ritmo” dos desenvolvimentos tecnológicos, incluindo “virtuais e criptomoedas”, mas mesmo isso vem com uma ressalva.

O Nubank alerta que “criptomoedas e blockchain podem limitar nossa capacidade de rastrear a movimentação de fundos e, portanto, representar um risco para nossa empresa”, impedindo o banco de realizar a devida diligência em lavagem de dinheiro.

No entanto, a exposição da Berkshire à criptomoeda por meio de seu investimento em bancos tradicionais tem aumentou à medida que mais bancos oferecem serviços no novo produto fintech. Munger pode ficar desapontado ao saber que não evitou a “doença” tão bem quanto gostaria.

Esta história foi originalmente apresentada em Fortune.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

VEJA TAMBÉM

Os investidores da VeChain devem esperar mais dor na próxima semana?

Desde seu rali no final de março, o VeChain parece cada vez mais pessimista à medida que os traders se afastam do mercado de criptomoedas...

Chipre finaliza o projeto de regulamento do Bitcoin. O que eles são?

Embora o preço do Bitcoin permaneça exposto a mais fraqueza este ano, países ao redor do mundo ainda estão procurando avançar em sua agenda de...

Terra Validator critica o ‘modelo de ditadura’ de Do Kwon na votação do LUNA Fork

Os validadores do Terra estão atualmente votando para aprovar ou desaprovar o plano de reviver o blockchain do Terra sugerido pelo fundador do Terraform Labs,...

A Avalanche está preocupada com um dump AVAX após a explosão do Terra?

O fiasco do Terra causou um rebuliço desnecessário no mercado, que abalou o barco de todos na direção errada. A plataforma de contrato inteligente...

POPULAR