Amazon acelera o envio de compras internacionais na luta pela entrega rápida

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Na briga por prazos mais curtos nas entregas do comércio eletrônico, a Amazon anuncia nesta terça-feira (11) uma modalidade de frete grátis para compras internacionais para assinantes do serviço Prime no Brasil.

A empresa também afirma que vai agilizar o embarque de mercadorias dos Estados Unidos para o mercado brasileiro. Mesmo com atrasos por conta da pandemia, a empresa promete que os itens importados adquiridos no Brasil estarão prontos para embarque em duas semanas.

Publicidade - OTZAds

A pandemia aumentou a concorrência de empresas de comércio eletrônico para entrega rápida ao consumidor. O marketplace da Amazon já permitia a venda de produtos internacionais, mas sem o benefício de frete para assinantes e com prazos de entrega mais longos. A empresa passa a competir com outros marketplaces populares na compra de produtos importados do Brasil, como Shopee e AliExpress, da chinesa Alibaba.

Em alguns casos, dependendo do preço de compra, as empresas pagam o frete, mas o prazo de entrega costuma ser de 30 dias. O Mercado Livre também possibilita a comercialização de produtos internacionais, mas não especifica se fará o frete aos assinantes de seu serviço de pontos nesse tipo de transação.

Apenas os inscritos no Prime terão isenção de frete na Amazon, que cobra R $ 9,90 pelo acesso a catálogo de filmes, músicas e frete grátis. Na nova divisão de compras internacionais, o valor final dos itens já inclui os impostos de importação.

Publicidade - OTZAds

A empresa criou uma tecnologia que conecta os centros de distribuição brasileiros à operação americana, o que permitiu uma redução de 40% nos prazos de entrega em relação a outras modalidades de vendas internacionais no site brasileiro, segundo Tiago Abel, líder de vendas. varejo no país.

Alguns produtos já estarão disponíveis para pronta entrega no país, em até dois dias para chegada na casa dos clientes, ou entrega no mesmo dia com taxa extra para consumidores do centro expandido de São Paulo.

“Em duas semanas o produto será enviado ao consumidor, mas a chegada depende do tipo de mercadoria. O cliente Prime não terá mais velocidade, mas não terá frete grátis”, diz Abel.

Publicidade - OTZAds

A Amazon não abre números sobre quantos clientes Prime tem no Brasil, mas assim que o serviço foi lançado, em 2019, o país teve uma das adesões mais rápidas em comparação com outros mercados em que a empresa atua. Em todo o mundo, existem mais de 200 milhões de assinantes.

A divisão de compras internacionais terá produtos das categorias casa e cozinha, música, eletroeletrônicos, beleza, informática e moda.

LEIA TAMBÉM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Noticias